Bem

logotipo
Procurar
Feche esta caixa de pesquisa.

Descobrindo os usos e propriedades do Trialilisocianurato

Trialilisocianurato (TAIC) é um composto multifuncional que tem sido amplamente utilizado em diversas indústrias devido às suas propriedades únicas. Como coagente na reticulação de polímeros, o TAIC desempenha um papel fundamental no aumento da resistência ao calor, resistência às intempéries e propriedades mecânicas de um produto. Além disso, é utilizado como intermediário na síntese de resinas e aditivos de alto desempenho. A versatilidade do TAIC oferece amplas possibilidades de aplicação, desde a produção de tubos e fios termorretráteis até a fabricação de painéis solares. Neste documento, aprofundaremos as características inerentes da TAIC, elucidando as suas funções e potenciais utilizações em diferentes setores.

Compreendendo a composição química e as propriedades do trialilisocianurato

Compreendendo a composição química e as propriedades do trialilisocianurato

Explorando a estrutura química e a composição do trialilisocianurato

O trialilisocianurato (TAIC), com fórmula química C12H15N3O3, é um derivado da triazina composto por três grupos alila ligados a um anel de isocianurato. A molécula está estruturada em torno de um anel de seis membros, constituído por três átomos de carbono e três átomos de nitrogênio. O anel isocianurato confere estabilidade térmica, enquanto os grupos alil contribuem para a natureza reativa do composto, facilitando o processo de reticulação. O peso molecular do TAIC é de aproximadamente 249,27 g/mol. Sendo um sólido cristalino incolor, o TAIC apresenta um ponto de fusão relativamente alto (26-28°C) para sua classe de compostos e um ponto de ebulição de cerca de 195°C (abaixo de 3mmHg). Quando se trata de solubilidade, o TAIC é solúvel na maioria dos solventes orgânicos comuns, mas insolúvel em água. Essas propriedades físicas e químicas são essenciais para sua utilização eficaz em diversas aplicações industriais.

Avaliando a classificação de perigo e toxicidade do trialilisocianurato

O trialilisocianurato (TAIC) se enquadra na categoria de substâncias perigosas de acordo com o Sistema Globalmente Harmonizado de Classificação e Rotulagem de Produtos Químicos (GHS). A substância é reconhecida como prejudicial se ingerida ou inalada e pode causar irritação na pele e nos olhos. A exposição prolongada ou repetida pode potencialmente levar à sensibilização da pele. Como tal, a TAIC traz as declarações de perigo do GHS H302, H332, H315, H319 e H317. Em termos de riscos ambientais, o TAIC não é classificado como perigoso para o ambiente aquático.

Em estudos de toxicidade, o TAIC demonstrou uma dose letal média (LD50) de >2.000 mg/kg na administração oral a ratos, implicando baixa toxicidade aguda. Para toxicidade dérmica, o LD50 em coelhos é >2.000 mg/kg. A toxicidade por inalação é observada em concentrações> 5,04 mg/L de ar em ratos. É significativo notar que o risco de exposição ao TAIC pode ser gerido de forma eficaz com procedimentos de manuseamento e medidas de segurança adequados. Os operadores devem usar equipamentos de proteção individual, incluindo óculos de segurança, luvas de proteção e, se necessário, respiradores para minimizar qualquer risco potencial. É crucial ter uma boa ventilação na área de processo para garantir que as concentrações no ar permaneçam abaixo dos limites de exposição permitidos.

Identificando as Especificações e Documentação Relacionada ao Trialilisocianurato

O trialilisocianurato (TAIC) é normalmente fornecido com uma folha de especificações que fornece uma visão geral detalhada das propriedades físicas e químicas do produto. Essas especificações geralmente incluem peso molecular, ponto de ebulição, ponto de fusão, ponto de fulgor e gravidade específica. Além disso, fornece informações sobre sua solubilidade em diversos solventes, sua aparência e sua pureza. Também é comum que as especificações incluam recomendações de armazenamento e manuseio.

De acordo com os requisitos regulamentares, o TAIC é acompanhado por uma Ficha de Dados de Segurança (SDS), que fornece informações abrangentes sobre a substância. A FDS inclui a classificação da substância, a identificação dos seus perigos, medidas de primeiros socorros, medidas de combate a incêndios, medidas de libertação acidental, manuseamento e armazenamento, controlos de exposição, propriedades físicas e químicas, estabilidade e reactividade e informações toxicológicas. A FDS é um documento fundamental para gerenciar a segurança no local de trabalho e garantir o correto manuseio, armazenamento e descarte do TAIC.

É importante observar que as especificações reais e a SDS do TAIC podem variar de acordo com o fabricante e devem ser revisadas cuidadosamente antes do uso.

Estabilização e Fabricação de Trialilisocianurato com BHT

Estabilização e Fabricação de Trialilisocianurato com BHT

Avaliando o papel do BHT na estabilização do trialilisocianurato

O Hidroxitolueno Butilado (BHT) desempenha um papel crucial na estabilização do Trialilisocianurato, funcionando como um potente antioxidante. Atua interrompendo o processo de oxidação, prevenindo ou retardando assim a degradação do TAIC, preservando ao mesmo tempo as propriedades desejadas. Estudos de pesquisa mostram que a adição de BHT em concentrações apropriadas pode prolongar significativamente a vida útil do TAIC. Num ambiente de produção, a percentagem específica de BHT utilizada é cuidadosamente calibrada para otimizar a estabilidade do TAIC sem comprometer a sua funcionalidade. É fundamental acompanhar de perto esse processo, pois variações podem impactar na qualidade e segurança do produto final. Além disso, o BHT deve ser distribuído uniformemente dentro do TAIC para garantir uma estabilização consistente em todo o produto. Tal como acontece com todos os processos de fabricação, devem ser seguidas metodologias precisas para a introdução do BHT para garantir resultados consistentes.

Compreendendo as práticas de uso e fabricação de trialilisocianurato estabilizado com BHT

O TAIC estabilizado com BHT é utilizado em diversas indústrias devido às suas propriedades de estabilidade aprimoradas. Na indústria de plásticos, é empregado como agente reticulador para promover a durabilidade e resistência ao calor do produto final. Além disso, na área de eletrônica, auxilia na melhoria das propriedades dielétricas de peças eletrônicas. A fabricação de TAIC com BHT envolve diversas etapas, incluindo aquisição de matéria-prima, incorporação de BHT, síntese, controle de qualidade e embalagem. O BHT é normalmente adicionado ao TAIC em um ambiente controlado sob supervisão especializada para garantir a proporção correta e distribuição uniforme. Múltiplas verificações durante o processo de fabricação garantem que apenas TAIC estabilizado e da mais alta qualidade seja enviado para embalagem. A quantidade de BHT adicionada está normalmente na faixa de 0,05%-0,2% por peso de TAIC, dependendo dos requisitos da aplicação e das normas regulatórias. Para garantir a eficácia do BHT, também são empregadas práticas rigorosas de armazenamento, como armazenar o TAIC em recipientes herméticos e resistentes à luz, em local fresco e seco.

Explorando documentos relacionados, patentes e informações espectrais para Trialilisocianurato

Explorando documentos relacionados, patentes e informações espectrais para Trialilisocianurato

Analisando Patentes e Produtos Relacionados Associados ao Trialilisocianurato

Uma análise das patentes associadas ao Trialilisocianurato revela um padrão de inovação centrado na melhoria da estabilidade e eficácia do composto em diversas aplicações industriais. Patentes pioneiras, como a US20120046319A1, divulgam o uso do Trialilisocianurato em uma composição retardadora de chama, demonstrando sua versatilidade. Em outra patente, EP1434843B1, o Triallylisocianurato é utilizado em uma composição de resina termoendurecível, destacando sua adaptabilidade em diferentes contextos de fabricação. Essas patentes ressaltam os esforços contínuos de pesquisa e desenvolvimento na indústria para otimizar o uso do Triallylisocianurato.

Em termos de produtos relacionados, os fabricantes oferecem Trialilisocianurato estabilizado com BHT em diversas purezas e quantidades para atender às diversas necessidades do mercado. Produtos como a série TAICROS® da EVONIK enfatizam a eficiência de reticulação do composto e a ampla gama de aplicações. O trialilisocianurato estabilizado com BHT é amplamente reconhecido por sua melhor estabilidade e resistência ao calor, tornando-o uma escolha preferida para setores que exigem materiais de alto desempenho.

Acessando informações espectrais e documentação útil para Trialilisocianurato

Os dados espectrais do Trialilisocianurato oferecem informações valiosas sobre suas propriedades químicas e comportamento. Esses conjuntos de dados, muitas vezes fornecidos na forma de espectros de infravermelho (IR), ressonância magnética nuclear (NMR) e espectroscopia de massa (MS), podem ser acessados através de vários bancos de dados confiáveis, incluindo o Instituto Nacional de Padrões e Tecnologia (NIST) e o The National Institute of Standards and Technology (NIST). ChemSpider da Royal Society of Chemistry. Além disso, muitos fabricantes e fornecedores de Trialilisocianurato fornecem fichas de dados de segurança (SDS), que contêm informações essenciais sobre as propriedades físicas e químicas do composto, estabilidade e reatividade, e recomendações de manuseio e armazenamento. Esses recursos oferecem dados abrangentes para pesquisadores, engenheiros ou químicos industriais que buscam compreender o composto em profundidade ou planejam empregá-lo em seu trabalho.

Fornecedores de produtos químicos e informações sobre toxicidade para Trialilisocianurato

Fornecedores de produtos químicos e informações sobre toxicidade para Trialilisocianurato

Localização de fornecedores de produtos químicos que fornecem trialilisocianurato

Localizar fornecedores que fornecem Triallylisocianurato envolve pesquisar e comparar fornecedores com base em sua linha de produtos, pureza, preços e opções de entrega. Várias plataformas online, como ChemExper, Sigma-Aldrich e Fisher Scientific, oferecem uma gama diversificada de produtos de Trialilisocianurato. Esses fornecedores fornecem especificações detalhadas, preços e informações de entrega diretamente em seus sites. Além disso, muitas vezes fornecem fichas de dados de segurança (SDS), proporcionando uma compreensão completa das propriedades do produto químico. É aconselhável solicitar orçamentos de vários fornecedores para comparar preços e prazos. A confiabilidade do fornecedor também pode ser avaliada por meio de avaliações e classificações de clientes, garantindo a credibilidade e a qualidade do serviço do fornecedor. Além disso, considere a localidade e os termos de envio para garantir uma entrega pontual e econômica. Sempre siga os regulamentos e diretrizes locais ao comprar e manusear o Trialilisocianurato.

Fornecimento de Trialilisocianurato da China - Wellt

Para empresas que buscam adquirir Triallylisocianurato da China, a Wellt Industrial Ltd oferece uma solução confiável. A Wellt é um respeitado fornecedor de produtos químicos com sede na China, com robusta capacidade de produção e uma rede logística bem estabelecida. A empresa é especializada na produção de Trialilisocianurato de alta qualidade, obedecendo rigorosamente aos padrões e regulamentações internacionais. A Wellt fornece especificações completas de produtos e fichas de dados de segurança, garantindo transparência e segurança aos seus clientes. Além disso, eles oferecem preços competitivos e opções de envio flexíveis, reduzindo potencialmente os custos gerais de aquisição. Para empresas que aderem a padrões de qualidade rigorosos, a Wellt fornece documentação abrangente de garantia de qualidade para validar a pureza e consistência de seu Triallylisocianurato. Lembre-se sempre de verificar a adesão do fornecedor às regulamentações locais e internacionais de manuseio e envio de produtos químicos antes de iniciar uma transação.

Compreendendo as informações de toxicidade e MSDS para Trialilisocianurato

Ao manusear o Trialilisocianurato, é crucial compreender suas informações de toxicidade e a Ficha de Dados de Segurança do Material (MSDS). A toxicidade deste produto químico é classificada com base em sua LD50 (Dose Letal, 50%), medida padrão utilizada em toxicologia. De acordo com o Sistema Globalmente Harmonizado (GHS) de classificação, seu valor LD50 oral é categorizado, indicando seu nível de toxicidade quando ingerido. O produto químico também apresenta riscos quando inalado, entrando em contato com a pele ou entrando nos olhos.

A MSDS do Trialilisocianurato fornece informações detalhadas sobre as propriedades do produto químico, precauções de manuseio, requisitos de equipamento de proteção individual (EPI), medidas de primeiros socorros e procedimentos para liberação acidental. Este documento é essencial para o manuseio, armazenamento e descarte seguro do produto químico. Fabricantes, distribuidores e fornecedores devem fornecer uma MSDS com o produto químico e para que os usuários cumpram as diretrizes nela especificadas. Certifique-se sempre de estar familiarizado e seguir as informações de segurança fornecidas na MSDS ao manusear o Triallylisocianurato.

Conformidade Regulatória e Considerações Legais para Trialilisocianurato

Conformidade Regulatória e Considerações Legais para Trialilisocianurato

Noções básicas sobre os regulamentos da ECHA e a classificação regulamentar para o trialilisocianurato

Os regulamentos da Agência Europeia de Produtos Químicos (ECHA) desempenham um papel significativo na classificação, rotulagem e embalagem do Trialilisocianurato. De acordo com a ECHA, o produto químico está classificado no anexo VI do Regulamento (CE) n.º 1272/2008. Este regulamento exige que o produto químico seja adequadamente embalado e rotulado para indicar a sua natureza perigosa, incluindo pictogramas, palavras de sinalização, advertências de perigo e recomendações de precaução. Além disso, a ECHA mantém uma base de dados abrangente, incluindo informações de registo, avaliação, autorização e restrição de produtos químicos (REACH), que fornece dados específicos sobre as propriedades físicas, toxicológicas e ecotoxicológicas do Trialilisocianurato. De acordo com o REACH, o trialilisocianurato é uma substância que suscita elevada preocupação (SVHC) devido às suas propriedades intrínsecas e aos potenciais efeitos adversos na saúde humana e no ambiente. Portanto, a sua utilização e eliminação devem cumprir rigorosamente os regulamentos da ECHA.

Termos e Condições Importantes sobre o Uso e Venda de Trialilisocianurato

O uso e a venda de Triallylisocianurato são regidos por um conjunto rigoroso de termos e condições para garantir a segurança. Os usuários e distribuidores devem seguir as instruções de segurança fornecidas na FISPQ. Isso inclui precauções de manuseio, armazenamento e transporte. A venda deste produto químico está restrita apenas a partes autorizadas, exigindo fins comerciais legítimos. Os utilizadores finais são obrigados a cumprir as normas regulamentares e devem realizar uma avaliação de risco abrangente antes do manuseamento para evitar quaisquer perigos potenciais. Além disso, o descarte do Trialilisocianurato deve ser executado de acordo com as regulamentações ambientais para evitar qualquer impacto adverso. O não cumprimento destes termos e condições pode levar a repercussões legais, incluindo penalidades ou a revogação da permissão para manusear a substância.

Referências

Aqui estão dez fontes confiáveis e relevantes que fornecem informações sobre os usos e propriedades do Triallylisocianurato:

  1. Biblioteca on-line Wiley: Um artigo que discute as propriedades mecânicas e acústicas subaquáticas de uma mistura de elastômero preenchido com um copolímero de poli(acetato de vinila-co-trialil isocianurato). Esta fonte fornece informações valiosas sobre as aplicações do Trialilisocianurato na criação de materiais com propriedades específicas. Fonte
  2. Publicações ACS: Um estudo sobre materiais de isolamento térmico híbridos orgânico-inorgânicos preparados via hidrossililação de polisilsesquioxano com grupos hidroxila e trialilisocianurato. Esta fonte descreve o uso de isocianuratos de ttrialil como um reticulador na criação de materiais de isolamento térmico. Fonte
  3. Biblioteca on-line Wiley: Um artigo sobre as propriedades de um estereocomplexo Poli(ácido L-láctico)/Poli(D-ácido láctico) e o estereocomplexo reticulado com isocianurato de trialila por irradiação. Esta fonte demonstra o impacto do Trialilisocianurato na cristalinidade dos polímeros PLA. Fonte
  4. Ciência Direta: Um artigo que discute a propriedade térmica aprimorada e a absorção anti-umidade de compósitos PA6/P baseados em estado sólido. A fonte fornece um relato detalhado do uso do Trialilisocianurato para melhorar as propriedades térmicas e as capacidades de absorção anti-umidade de compósitos específicos. Fonte
  5. Ciência Direta: Um artigo de pesquisa sobre o efeito da irradiação gama na memória de forma e nas propriedades térmicas e mecânicas da policaprolactona. A fonte fornece informações sobre o uso do Trialilisocianurato no estudo das propriedades térmicas da policaprolactona. Fonte
  6. Publicação RSC: Um estudo teórico sobre a reação do isocianurato de trialila na reticulação por radiação UV do polietileno. Esta fonte oferece uma perspectiva teórica sobre o papel do Trialilisocianurato no processo de reticulação da radiação UV. Fonte
  7. Ciência Direta: Um artigo que revela o mecanismo de conversão de fase sólida por meio de uma nova linha de cátodos compostos de polímero organossulfurado para baterias de lítio-enxofre. Ele discute a fixação covalente do enxofre no isocianurato de trialila e suas implicações na tecnologia de baterias. Fonte
  8. SSRN: Um estudo sobre o efeito da irradiação gama na memória de forma, nas propriedades térmicas e mecânicas da policaprolactona. Esta fonte fornece mais evidências do papel do Trialilisocianurato no estudo das propriedades térmicas de certos materiais. Fonte
  9. Ciência Direta: Um artigo sobre a química dos elastômeros de fluorocarbono. A fonte menciona a descoberta do fluorocarbono e o papel do Trialilisocianurato na obtenção da taxa de cura, estado de cura e propriedades físicas ideais. Fonte
  10. Publicações ACS: Um estudo sobre a correlação entre fragilidade e estrutura de rede não homogênea de resinas reticuladas originadas no comportamento específico de polimerização do isocianurato de trialila. Esta fonte fornece uma análise detalhada do impacto do Trialilisocianurato no comportamento de polimerização de certas resinas. Fonte

recomendo a leitura: Descubra o melhor agente de reticulação Taic – Trialilisocianurato, fabricado pela Wellt

Produtos da Wellt
Publicado recentemente
Categorias de blogs
Contato Wellt
Demonstração do formulário de contato
Role para cima
Entre em contato conosco
Deixe um recado
Demonstração do formulário de contato